1.4.09

E por falar em crise...

Vejo algumas pessoas se desesperarem diante da crise atual, outras a usam como desculpa para seu fracasso, para se acomodar ou para deixar de fazer algo.
Alguém diz: "- Procurar emprego, pra quê? A fila dos desempregados é imensa....não há chance, são poucos os que conseguem, nesse caso o que conta é o "QI" (Quem Indica) e como não tenho esse tal de QI, melhor deixar a poeira baixar, semana que vem eu tento...ou quem sabe no próximo mês."
Há pessoas que preferem esperar que as coisas caiam do céu a enfrentar desafios e vencer por sua dedicação, persistência e trabalho duro. Então o tempo passa e as oportunidades também. Perde-se muito esperando. Já diz o ditado: "O que vem fácil, vai fácil".
Portanto não espere para realizar algo. Seja na vida pessoal ou profissional, por mais dificil que as coisas possam parecer, não desista. Por maior que seja a crise, a dificuldade ou o problema é preciso lutar, buscar, correr atrás, e principalmente, ter fé, acreditar em si e acreditar que você pode e vai vencer.
E Einstein já dizia:
"Não pretendemos que as coisas mudem se sempre fazemos o mesmo. A crise é a melhor benção que pode ocorrer com as pessoas e países, porque a crise traz progressos. A criatividade nasce da angústia, como o dia nasce da noite escura. É na crise que nascem as invenções, os descobrimentos e as grandes estratégias. Quem supera a crise, supera a si mesmo sem ficar “superado”.Quem atribue à crise seus fracassos e penúrias, violenta seu próprio talento e respeita mais aos problemas do que às soluções. A verdadeira crise é a crise da incompetência. O inconveniente das pessoas e dos países é a esperança de encontrar as saídas e soluções fáceis. Sem crise não há desafios, sem desafios, a vida é uma rotina, uma lenta agonia. Sem crise não há mérito. É na crise que se aflora o melhor de cada um. Falar de crise é promovê-la, e calar-se sobre ela é exaltar o conformismo. Em vez disso, trabalhemos duro. Acabemos de uma vez com a única crise ameaçadora, que é a tragédia de não querer lutar para superá-la”.

3 comentários:

  1. Nuss... verdade... Mto bom o post! Vo te add nos meus links ok? Bjus

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Léo!
    Seja bem-vindo.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Como dizem:

    Há duas características principais entre o vencedor e o perdedor. O perdedor faz o difícil parecer impossível, e o vencedor faz o impossível ser difícil, porém realizável.

    Beijos

    ResponderExcluir

Indicação de livros

  • A Arte Da Guerra - Sun Tzu
  • A cura de Schopenhauer - Irvin D. Yalom
  • Heróis de Verdade - Roberto Shinyashiki
  • O guardião de memórias - Kim Edwards
  • Quando Nietzsche Chorou - Irvin D. Yalom
  • Você é Insubstituível - Augusto Cury

Vídeos

Loading...

Amigos